Páginas

domingo, 24 de janeiro de 2010

Razões e Emoções de uma Vida

Por Lucas soares

Bom o que declarar da vida ela tem suas emoções e sua razoes acho que vivi bem essa típica vida emocionante (horas vai declara emoções e razoes são emocionantes vai!) sabe quando você acorda já com aquele humor de declarar falência absoluta na sua vida então essa foi a minha razão. Razão por apenas ter que levantar e fazer alguma coisa, pois eu já estava daquele jeito sabe? Eu já sabia que hoje o dia seria cansativo e chuvoso, então por esses dois motivos eu tinha praticamente certeza de que o meu sábado seria exaustivo e com um pequeno recheio de intrigas e discutições familiares. Pra me livrar de tudo isso (que eu saberia que aconteceria) propus aos meus pais que saíssemos de casa, bom então fomos ao clube (isso mesmo em um tempo chuvoso fomos ao clube) falei pro meu pai que o clube não seria uma boa opção por causa do tempo, mas como eu não tenho palpite nesta família ele descartou só por ouvir minha voz.
No clube não ficamos nem meia hora, pois começou a chover, eu bem que tentei avisar mas todos sabem que filhos(novos) não tem vez na família. Então fomos para casa a idéia de ir para casa tão sedo mi perturbou muito, pois agora eu tinha certeza que iria discutir com alguém; chegando a casa não esperei nem um minuto e fui correndo para rua, querendo dar um tempo para mim mesmo La, me distrair, alegrar, e zua um poco , mas como a rua em que moro é muito animante pra mim fiquei só um poco e entrei. Entrando em casa comecei a me sentir um presidiário, o coração começou a apertar eu não sei por que mas sabia que iria acontecer alguma coisa de errado, não deu outra fui ate a cozinha e La estavam eles as víboras que sempre querem terminar de acabar com o seu dia que já foi muito ótimo por sinal, virei para meus eles e perguntei “que foi por que essas caras?” e eles responderam “a você sabe muito bem o que você fez.”ó pior e que nos nunca sabemos o que fizemos e sempre que alguém fala isso eu fico furioso (a qual é si eu soubesse não teria perguntado). A discussão foi pela mais imbecil das coisas ‘por que você não guardou a bicicleta no lugar’ horas só por que eu não guardei a bicicleta no lugar eles queriam começar uma briga? Sabe oq eu fiz dei di ombros e comecei a andar pela rua sem rumo, sem direção ate que mi toquei que sempre vai ser assim ate eu ter a maturidade de poder opinar por alguma coisa; então voltei sobreo e justo fiel a minha decisão mais voltei, sim voltei, voltei pois os crápulas em que mencionei eram os meus pais então sendo assim terei de me conformar com isso pois eu os amo e independente do que seja nada mais importa se isso prevalecer no final.

oque acharam meu amigo qer saber?

6 comentários:

  1. Problemas na família são sempre assim.
    Quando começa com aquele clima de que a bomba vai estourar, eu já dou um jeito de ler um livro na minha, quietinha, ou então durmo.
    Às vezes as atitudes dos meus pais me estressam, mas são meus pais, e eles só querem meu bem.

    Beeeeeijos flor.
    Ótima semana.

    ResponderExcluir
  2. OOi amr *--*
    amei seu blog :)
    obg pelo comentário ;)
    beeijoos ;**

    ResponderExcluir
  3. Coisas de adolescente [2]
    Gostei da postagem!
    beijos

    ResponderExcluir
  4. É Lucas acho bom vc fazer um blog rapaz!não vou ficar sempre colocando seus textos aqui no meu blog,cria vergonha na cara pq vc leva jeito!
    Faz um blog boobo

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Pena de urubu, pena de galinha, deixe seu comentário depois de dar uma lidinha (sim, eu sou boba!)